Day trade | Quer ser day trader?

90% das pessoas que fazem day trade estão no prejuízo. Talvez mais. Descubra o que elas estão fazendo de errado e não cometa o mesmo erro

Day trade é qualquer operação na bolsa de valores que começa e termina no mesmo pregão. A modalidade interessa a muitos iniciantes no mercado porque, basicamente, não é preciso de muito dinheiro pra começar. De fato, com qualquer R$ 100 já é possível. Mas, cuidado. Cuidado com as aparentes facilidades.

Seja por essa característica, pela velocidade das operações, a possibilidade de obter lucros imediatos ou até promessas equivocadas de riqueza rápida, o day trade cada vez mais vem interessando novos participantes.

Day trade, porém, pode ser uma armadilha e isso está provado estatisticamente por recente pesquisa encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Tal pesquisa revelou que mais de 90% dos day traders está no prejuízo (fora os que já foram “expulsos” do mercado).

Neste artigo, vamos explicar pra você o que essas pessoas vêm fazendo de errado no day trade e como proceder pra não fazer parte dessa manada que é praticamente passada pra trás pelo mercado. Veja abaixo o que você vai aprender neste artigo:

  • O que é day trade?
  • O day trade é pra quem?
  • Qual o mínimo pra operar day trade?
  • Day trade x Swing trade: Entenda as diferenças
  • Bobagens que dizem do day trade
  • Stop loss: Entenda sua importância no Day Trade
  • O que é Alavancagem no day trade?
  • Day trade: Vantagens x Desvantagens
  • Quanto é possível ganhar operando Day Trade?
  • Margem de garantia no day trade
  • Custos e Taxas envolvendo operações de Day Trade
  • Principais riscos de operar Day Trade
  • Quais ativos posso operar day trade?
  • Operar Day Trade na Prática
  • Análise Técnica x Nova Análise Técnica
  • Conclusão

Aprenda a investir na bolsa, conheça esse método surpreendente para operar na Bolsa.


O QUE É DAY TRADE?

Como dissemos, day trade é qualquer operação na bolsa de valores que começa e termina no mesmo pregão.

Compramos um ativo ou um derivativo – ação, opção, contrato, minicontrato – esperamos valorizar um pouco, dada a volatilidade natural do mercado – e vendemos com um pequeno lucro.

Mas, se em um curto período de tempo, um ativo varia apenas alguns pontos ou o equivalente a alguns poucos centavos ou nem isso, como faço pra que meu esforço em estudo, análise e risco valha a pena?

Através de uma coisa chamada alavancagem, que permite a operação de um grande volume financeiro de uma vez, mesmo que você não tenha esse volume.

Quer dizer, você tem R$ 100 na conta (não recomendo), por exemplo, e opera um ou mais papeis que valem US$ 10 mil cada. Sim, com a alavancagem isso é possível e ela é não só comum como estimulada pelas corretoras de valores.

Falaremos da alavancagem, seus imensos riscos e benefícios, a seguir.

Como funciona o day trade?

Vamos continuar falando desse exemplo não recomendável de alguém que tem R$ 100 na conta.

Isso é suficiente pra cobrir a margem de garantia que a maioria das corretoras exige pra operar um minicontrato de índice ou de dólar. Um único mini índice vale hoje, em tese, algo como R$ 20 mil (depende dos pontos futuros do Ibovespa). E um único mini dólar, invariavelmente, US$ 10 mil.

Como isso é possível, comprar um derivativo que vale US$ 10 mil com apenas R$ 100. Bem, basicamente, esses R$ 100 garantem que você terá dinheiro o suficiente pra cobrir as perdas caso o mercado venha contra você: isto é, caso você compra e o valor do papel caia.

Importante frisar que margens de garantia tão pequenas pra valores tão grandes só são possíveis no day trade e papeis como o mini dólar e o mini índice.

Assim, pense comigo... temos apenas R$ 100 e estamos operando R$ 20 mil. Com isso, a menor variação da cotação me dá ganhos enormes sobre meu capital “verdadeiro”.

Por exemplo, um único ponto no mini dólar (o equivalente a um milésimo da cotação entre dólar e real) me dá R$ 10. O que, sobre R$ 100, é 10%. Se o dólar subir 10 pontos (o mesmo que um mísero centavo na cotação em reais), eu ganho mais R$ 100 (dobrando meu capital inicial). Dobrar meu capital com apenas R$ 0,01?

A essa altura, se você nunca tinha ouvido falar dessa mágica, já deve estar pensando: nossa, vou colocar R$ 10 mil nesse negócio, me alavancar até o talo, comprando 100 mini dólares, e ganhar mais R$ 10 mil só com a subida de 1 centavo na cotação dessa moeda. Isso seria uma GRANDE IDEIA.

Não fosse por um detalhe.

O dólar pode cair um centavo (ou 10 pontos) e você perder seus R$ 10 mil de uma vez só.

E é nessa brincadeira que muitos praticantes de day trade iniciantes se dão mal.

Talvez não de uma vez só. Muitas vezes, esse processo acontece aos poucos.

A alavancagem e as características inerentes ao day trade, como sua dificuldade e o uso de técnicas equivocadas de análise do mercado, fazem com que o day trader inexperiente vá minando seu capital numa velocidade às vezes maior às vezes menor.

Venda descoberta

Se achamos que o ativo – ação, contrato, minicontrato – vai cair, podemos vende-lo. Vender algo mesmo sem ter? Sim, isso mesmo. No day trade isso é possível sem que, ao menos, seja necessário alugar o papel de um investidor que o tenha em carteira. Vamos entender que a corretora “empresta” o papel pra você. Não é bem isso, mas fica mais fácil de entender e, na prática, dá na mesma.

Aí, se você faz uma venda no day trade, sua expectativa é que o papel desvalorize. Assim, se o ativo ou derivativo aumentar de valor, você tem prejuízo.

Se decidir ficar vendido no papel por mais de um dia – isto é, em vez de day trade, fazem um swing trade ou um position trade -, aí terá que alugar os papeis (intermediado facilmente pela corretora) no caso de ações ou ter uma margem de garantia maior em sua conta, no caso de contratos e minicontratos, a fim de mostrar que você tem condições de bancar qualquer prejuízo.


O DAY TRADE É PRA QUEM?

O day trade, necessariamente, é pra aquele investidor ou trader que não seja avesso ao risco. Ter afinidade com o risco, no entanto, não tem nada a ver com a ideia de subir num prédio de 10 andares, pular sem paraquedas e nem colocar um capacetinho.

O nome disso é burrice.

Ter afinidade com o risco é saber lidar com ele, com o risco. O day trade é basicamente isso: gerenciamento de risco através de uma metodologia de negociação.

Mal comparando, é como atravessar a pé uma rodovia de 12 pistas. Tem gente que vai preferir ir de qualquer maneira e vai morrer atropelada ou, no mínimo, se meter numa aventura idiota e desnecessária.

O cara que faz day trade de forma eficiente é o que vai encontrar uma faixa de pedestres com um semáforo, ter paciência de andar até lá, esperar o momento certo (quando o sinal abrir pra ele) e atravessar. O cara que faz bons day trades é o que encontra as passarelas que passam por cima da avenida e ele chega do outro lado assoviando e olhando a paisagem.

O que é ser day trader?

Day trader é o nome que se dá à pessoa que faz day trade habitualmente.

Quem faz day trade, obrigatoriamente, terá que tomar a decisão baseando-se do comportamento dos ativos, sejam eles quais forem, no gráfico.

Como suas operações são ao longo do dia, obrigatoriamente, ele terá que acompanhar os gráficos dos ativos em que está de olho.

Quer dizer, você precisa de tempo pra acompanhar o gráfico ao longo do dia.

Não podemos imaginar que vamos abrir nosso programa de análise e negociação e, por sorte, encontraremos uma oportunidade (a faixa de pedestres ou a passarela) pra operarmos. O sujeito que faz day trade é paciente e espera oportunidades reais.

Então, se você tem um trabalho que ocupe das 9h às 18h, talvez o day trade não seja pra você. Talvez seja se você tiver ao menos duas ou três horas livres durante o pregão. De fato, há quem faça day trade apenas pela manhã ou apenas à tarde.

O praticante de day trade não costuma olhar notícias econômicas e muitos deles acham que elas até atrapalham suas decisões baseadas na análise do gráfico.

Obviamente, outra característica de quem faz day trade é estar ciente dos grandes riscos em que está envolvido e saber lidar com eles, seja através do envolvimento de uma parcela menor de seu capital com esse tipo de operação, seja através da busca de pontos de negociação em que a possibilidade de perder seja menor que a de ganhar e em que o montante de prejuízo, no caso da perda, seja várias vezes inferior que o montante do lucro, em caso de ganho: a ideia de quem faz day trade é só entrar em operações em que o risco seja pequeno e a possibilidade de sucesso seja muito maior, tanto em termos de probabilidade quanto em termos financeiros.

O que é preciso pra ser um trader?

Assim, concluímos que, pra fazer day trade é preciso ter algumas características específicas:

  • Ter tempo para acompanhar os gráficos dos ativos e derivativos .
  • Inteligência para lidar com o risco (que deriva e só é possível a partir do próximo item) .
  • Ter uma metodologia para encontrar os momentos de alta probabilidade de negociação .


QUAL O MÍNIMO PRA OPERAR DAY TRADE?

Para operar day trade, não precisamos de muito dinheiro. 

No começo deste texto, usamos um exemplo de alguém que tinha apenas R$ 100.

De fato, é necessário até menos.

Já vi casos de corretoras pedindo apenas R$ 13 pra operar mini índice, R$ 20 pra operar mini dólar e pouco mais de R$ 125 pra operar contratos cheios de índice e dólar, que valem cinco vezes mais que os minicontratos.

Com a diferença de que os contratos cheios devem ser operados em lotes de cinco. Então, como pra cada contrato você precisaria de R$ 125, seria necessário ter RS 625 ao menos. Mas, veja bem: R$ 625 pra operar R$ 500 mil no caso do mini índice e US$ 250 mil no caso do mini dólar.

Sério, se você está operando cinco contratos cheios de dólar e ele recua um mísero ponto, perdemos R$ 250 de uma vez. Bastaria o recuo de 3 pontos ou R$ 0,003 na cotação do dólar para perdermos mais do que nossa margem de garantia (supondo que aceitamos a alavancagem oferecida pela corretora).

Então, quando falamos de mínimo pra operar no day trade, estamos automaticamente falando de alavancagem.

E, em termos de alavancagem, não podemos permitir que a corretora nos dite qual deve ser ela: é um presente de grego.

Se você tiver R$ 10 mil pra fazer day trade e a margem de garantia por papel for de R$ 100, isso não quer dizer que você deva entrar comprando e vendendo 100 papeis de uma vez só. Reduza pra 10, 5 ou até menos papeis a sua “mão”. Sobretudo se você for iniciante.

Aprenda a investir na bolsa, conheça esse método surpreendente para operar na Bolsa.


DAY TRADE X SWING TRADE: ENTENDA AS DIFERENÇAS

As diferenças entre day trade – operações que começam e terminam no mesmo dia – e swing trade não acabam na duração de suas operações.

Por swing trade, grosso modo, entendemos operações que duram dias, mas claro que, dependendo da operação de compra ou de venda que o trader esteja fazendo, ela pode durar mais.

Mas vamos dar uma olhada em outras diferenças decorrentes dessa particularidade mais óbvia.


Day tradeSwing trade
Duração das operaçõesComeçam e terminam no mesmo pregãoPodem durar dias ou, até, poucas semanas
DedicaçãoO trader precisa olhar os gráficos durante parte considerável do tempoO trader pode olhar o gráfico no fim do dia, com a bolsa parada
Tipo de análiseObrigatoriamente, análise gráficaPrimordialmente gráfica, mas o swing trader pode recorrer a outras formas de análise
Tipo de gráficoGráficos intraday: de 60, 30, 15, 10, 5 e 1 minuto. Ou até de periodicidades inferioresGráfico semanal, diário e, em alguns casos, de 60 minutos.
ObjetivosPequenas variações, visando ganhar com o volume financeiro proporcionado com a alavancagemVariações de preço maiores, com uma alavancagem menor
Número de operaçõesMais operações, diversas por dia. Pode haver operações simultêneas, mas não muitas, pois cada uma exige acompanhamentoMenos operações: alguns swing traders iniciam uma operação a cada dia e tem várias correndo simultaneamente
AlavancagemAlavancagem maior permitida pela corretoraAlavancagem menor permitida pela corretora e, muitas vezes, com pedidos de garantias superiores



BOBAGENS QUE DIZEM DO DAY TRADE


  • O day trade vai fazer você perder todo o seu dinheiro: só é verdade se você for estúpido o suficiente pra colocar todas as suas economias no day trade.
  • Dá pra ficar rico rápido: leia o item anterior. Ir para o day trade pensando em riqueza rápida vai induzir você a colocar nele mais dinheiro do que devia. A sarjeta está cheia de traders que iam “ficar ricos rápido”.
  • O mais importante é o psicológico, por causa do risco envolvido: pergunte pra um paraquedista se ele depende do psicológico. Desde que o equipamento seja bom, sua técnica apurada e o paraquedas (inclusive o reserva) estiver bem dobrado, ele nem pensa nos fatores psicológicos. Portanto, o principal para o day trade é a técnica e as ferramentas .
  • Quanto menor a margem de garantia melhor: usar a margem de garantia totalmente, se alavancando demais é a receita mais certeira para ser expulso do mercado .
  • É ruim porque tem que pagar imposto de renda: se você está pagando imposto de renda é porque você está ganhando dinheiro, pois ele só incide sobre o lucro. Então, desejo que você pague muito imposto de day trade .
  • Só dá pra operar na tendência (comprando se estiver subindo e vendendo se estiver caindo): o Raio X Preditivo demonstra que há pontos do gráfico em que é seguro e até indicado operar contra a tendência .
  • Vou ter que ficar olhando o gráfico o dia inteiro: se é verdade que não dá para imaginar que vamos abrir os gráficos dos ativos dez minutos por dia e bem nesses dez minutos teremos uma oportunidade, também não dá para imaginar que vamos ficar olhando para eles o tempo todo, sem nem ir para o banheiro. Tem traders que operam apenas pela manhã ou apenas à tarde, durante algumas horas. Outros, têm trabalhos que permitem que o gráfico fique rodando em segundo plano e colocam alertas sonoros quando o preço chega em determinado nível, chamando a atenção para um provável momento de tomada de decisão .
  • Não tenho tempo para ler notícias: bobagem! Os melhores day traders até evitam ler notícias para não contaminar suas decisões .
  • O mercado está caindo, não dá pra comprar: maior besteira, afinal, se o mercado cair podemos vender e ganhar na queda .


STOP LOSS: ENTENDA SUA IMPORTÂNCIA NO DAY TRADE

O stop loss é o limite de perdas.

Se entramos em uma operação, por exemplo, de compra e o preço começa a cair, devemos ter um ponto em que devemos sair mesmo tendo prejuízo. Por quê? Porque o prejuízo pode ser ainda maior.

O bom trader trabalha usando um “stop de segurança” que é automático e é colocado abaixo do começo da operação (no caso de uma compra). Se o preço der um pico, ele acionará o stop (como uma armadilha) e o ativo é vendido, mesmo tendo prejuízo, evitando perdas maiores.

Mas o bom trader trabalha usando outras modalidades de stop, observando o fluxo de ordens e o volume no sentido da sua operação: por exemplo, eu estou comprado, já obtendo um certo lucro, e vejo que o fluxo de compras está diminuindo... possivelmente seja a hora de “stopar” a operação, mesmo antes de se chegar ao objetivo original.

Outra forma de trabalhar usando o stop é subir o stop de proteção, acima do preço de entrada, a medida que a operação avança, garantindo parte do lucro até então obtido, caso o preço recue.

Stop Gain

Toda operação tem um objetivo máximo de lucro. Esse stop deve ser automático, mas não devemos nos limitar a ele.

Por que sair de uma operação se ela claramente apresenta um fluxo de ordens e de volume na direção “certa”?

Ou por que permanecer em uma operação que, claramente, já apresentou um bom lucro, ainda que não tenha chegado ao objetivo, e que, porém, já demonstra sinal de fraqueza? Vamos esperar que a operação devolva o dinheiro e até mesmo nos leve ao prejuízo só porque precisamos de disciplina quanto a nossa metodologia?

A disciplina de quem faz day trade deve ser: meter dinheiro no bolso.

Aprenda a investir na bolsa, conheça esse método surpreendente para operar na Bolsa.


O QUE É ALAVANCAGEM NO DAY TRADE?

A alavancagem é basicamente operar papeis mais valiosos do que, na prática, nos permitiria o dinheiro que realmente temos em nossa conta na corretora.

Isso é proporcionado pela margem de garantia exigida pelo day trade na corretora.

Podemos, por exemplo, operar um mini dólar, que vale US$ 10 mil tendo apenas R$ 100, por exemplo.

Se, então, temos R$ 5 mil em nossa conta, podemos operar 50 minis de uma vez!

Vamos fazer isso? Não, não vamos. Uma alavancagem elevada pode acabar com todo o nosso dinheiro para day trade de uma vez só.

Em vez de 50 contratos, nesse caso, mais sábio seria operar apenas 5, uma alavancagem 10 vezes inferior e segura. Talvez até menos contratos, dois ou três.


DAY TRADE: VANTAGENS X DESVANTAGENS

Vamos ver as vantagens e as desvantagens do day trade:

VantagemDesvantagem
Alavancagem: dá para operar muito tendo pouco dinheiroA alavancagem alavanca também as perdas
Pode ser uma atividade paralela ou até substituir o trabalho formalPrecisa de alguma dedicação diária acompanhando os gráficos
Diversas oportunidades de lucro diáriasO trader pode operar em excesso, até compulsivamente
Farto material de aprendizado na internet e em cursosHá muitos cursos no mercado e diversos vendem falsas promessas de facilidade
Dá para operar do conforto de casaMuitas pessoas vivem a ilusão de que poderão largar o emprego
Com uma boa metodologia e gerenciamento de risco, o emocional fica de foraCom uma boa metodologia e gerenciamento de risco, o emocional fica de fora Se a metodologia e a técnica não forem boas, o trader vai depender de fatores psicológicos e falhará
Os ganhos vem no longo prazo a partir da consistência dos ganhosHá a ilusão inicial de que tudo é fácil e que se vai ficar rico rápido
Possibilidade de participar de um mercado competitivo tendo poucos recursosOs iniciantes não fazem noção do quão competitivo é esse mercado: presença de big players que usam técnicas predadoras e tecnologia de ponta



QUANTO É POSSÍVEL GANHAR OPERANDO DAY TRADE?

Em tese, não há limite de quanto ganhar no day trade. O mercado, a bolsa de valores, trabalha com bilhões diariamente.

Mas algumas expectativas desafiam a matemática.

Considere um mercado em que a renda fixa, com bastante dificuldade pagará 0,5% ao mês.

Obter 0,25% ao dia com regularidade parece pouco.

Mas vamos fazer uma brincadeira de imaginação.

Imagine que você tem R$ 10 mil e se propõe ganhar, em média, essa porcentagem.

Ok, então, são uns 20 pregões por mês... fazendo uma conta de padeiro, isso nos dá 5% ao mês.

Nos primeiros dias, você só precisará ganhar R$ 25. Pô, é fácil fazer isso com apenas 2 contratos de dólar...

Considerando que você seja muito bom e mantenha a regularidade, o que temos ao fim do mês: ganhamos R$ 500, totalizando um capital de R$ 10.500. Agora, temos, para seguir nossa meta de 0,25% por dia, a obrigação de ganhar pelo menos R$ 27 (para arredondar).

E assim por diante.

Seguindo nessa balada, em 5 anos teríamos R$ 187 mil e a obrigação de ganhar R$ 467 todos os dias e R$ 10 mil todo mês.

Mas, na prática, a teoria é outra, como já dizia aquele famoso economista.

E fazer juros sobre juros no day trade, com tamanha regularidade não é para qualquer um.

Isso sem falar que, à medida que o tempo fosse passando, você teria que lidar com lotes de ativos cada vez maiores, envolvendo mais pressão sobre seu capital e riscos maiores.

Viver de day trade é possível?

Sim, é possível e muitas pessoas vivem de day trade.

Porém, recente pesquisa encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários mostrou que mais de 90% dos day traders pessoa física estão no prejuízo.

Para viver de day trade é preciso ser uma das exceções.

Como fazer?

Operando de uma maneira diferente do que todos os outros fazem.

E o que a maioria faz?

Opera observando apenas as variações de preço, sem se atentar para o volume e o fluxo de ordens.

Para operar com o volume e o fluxo de ordens, nossa recomendação é a metodologia Raio X Preditivo.

Aprenda a investir na bolsa, conheça esse método surpreendente para operar na Bolsa.


MARGEM DE GARANTIA NO DAY TRADE

A margem de garantia, como o nome indica, é a garantia que você dá à corretora de que terá dinheiro o suficiente para cobrir qualquer prejuízo caso o mercado vá contra a sua posição (cair quando você comprou ou subir quando você vendeu).

O que é margem de garantia?

Muitas corretoras oferecem margens de garantia baixíssimas. Já vi até R$ 20 para operar minicontratos de dólar. Tendo R$ 20 na conta você pode comprar uma parada que custa US$ 10 mil. Mas se o preço cair, você é imediatamente colocado para fora da operação, sem chororô. Sim, isso acontece de forma automática.

Por isso, muitas corretoras não deixam de dar o aviso: a margem de garantia é essa, mas você não precisa nem deve operar em seu limite. Assim, se eu tenho R$ 200, não quer dizer que eu deva operar 10 mini dólares.

Por que é importante ter uma boa margem de garantia?

Operando 10 contratos, nesse caso, se o dólar voltar dois pontos (o que seria, na prática, 2 milésimos de real na cotação do dólar), pronto, eu estaria fora...

Mais prudente é eu mesmo considerar que minha margem de garantia é muito menor e me alavancar menos. Por exemplo, não operando 10 minis, mas, talvez, um apenas... seria preciso um movimento muito maior para me tirar da jogada.


CUSTOS E TAXAS ENVOLVENDO OPERAÇÕES DE DAY TRADE 

Para operar day trade, devemos levar em conta as taxas e impostos nele envolvidos.

  • Taxas da corretora: a taxa que devemos destacar é a de corretagem, pois a de custódia vem sendo abandonada. A taxa de corretagem é cobrada quando da execução das ordens de compra e venda e varia de corretora para corretora, varia com o volume, com o tipo de ativo e até se o trader comprou um pacote pré-pago de corretagem .
  • Taxas da bolsa de valores: chamadas de emolumentos, envolvem negociação e liquidação da operação e, para pessoas físicas, chegam a pouco mais de 0,03% do financeiro de cada ordem .
  • ISS: é cobrado sobre o valor da taxa de corretagem e é de 5% sobre ele .

O Imposto de Renda para o day trade é de 20% sobre o lucro.

Devemos somar o lucro de um mês inteiro, calcular a alíquota de 20% e pagar uma DARF até o último dia útil do mês seguinte.

Atenção: o lucro é o líquido, isto é, aquele calculado após descontadas todas as taxas.

Desses, 1% é pago na fonte. Quer dizer, o seu lucro já vem com o desconto de 1%. Na hora de pagar a DARF devemos descontar esse 1%. Então, na prática, a DARF que pagamos é de apenas 19%.

Outra coisa importante: teve prejuízos em meses anteriores? Pode descontar do lucro atual. Dependendo do tamanho dos prejuízos anteriores, talvez você ainda esteja no vermelho e nem tenha que pagar DARF.

Mas é bom que pague: sinal de que está no azul, lucrando.

Pra preencher a DARF, podemos ir no site da receita federal e entrar na página do Sicalc Web.

O código da receita para o pagamento sobre operações de day trade é o 6015.

Paga a DARF, você está ok com o fisco.

Apenas não esqueça que, ganhando ou perdendo, as operações devem ser declaradas no ajuste anual.


PRINCIPAIS RISCOS DE OPERAR DAY TRADE

O principal risco de se fazer day trade é o risco de mercado. Isto é, o ativo operado cair quando compramos ou subir quando vendemos.

Considerado isso, todos os outros riscos derivam do preparo e da capacidade do trader.

Por exemplo, um trader despreparado, pode imaginar que deixar um prejuízo aumentar indefinidamente é uma boa tática, na esperança de que o preço volte ou supere o seu preço de entrada, voltando ao lucro. Nada garante que isso volte a acontecer no curto e médio prazo ou mesmo que volte a acontecer (imagine alguém comprando índice em 2008... ficou até 2019 esperando o preço voltar?)

Muitos traders inexperientes e mesmo experientes ficam sem saber o que fazer quando um movimento mais brusco do preço faz com que seu stop de segurança seja pulado ou, no caso de não estarem usando um stop de segurança, eles podem ficar desnortados, decidindo se realizam um prejuízo enorme, se compram mais para fazer preço médio ou se seguram mais um pouco porque “vai voltar com certeza”...

Nesse sentido, o maior risco é você começar a fazer day trade com uma metodologia equivocada, com uma alavancagem excessivamente alta ou com uma parcela muito grande de seu capital comprometida com o risco...

Aprenda a investir na bolsa, conheça esse método surpreendente para operar na Bolsa.